sábado, 29 de janeiro de 2011

Casamento Imperial na Alemanha


Foi anunciado oficialmente na sexta-feira, 21 de janeiro, o noivado do Chefe da Casa Imperial da Alemanha, Príncipe Jorge Frederico da Prússia, com a Princesa Sofia de Isenburg, filha de Francisco Alexandre, Príncipe de Isenburg e da Condessa Cristina de Saurma, Baronesa de Jeltsch.

Os Isenburg constituem uma grande família da nobreza alemã, família conhecida desde o século X, tendo já sido soberana. Foi  mediatizada no século XIX, ou seja, considerada igual de nascença às famílias reais e outras famílias soberanas. O pai da princesa Sofia é o chefe da I linha da família, residindo no castelo em Birstein, Hesse.    O príncipe Jorge Frederico da Prússia, que está com 34 anos, é filho do príncipe Luis Ferdinando da Prússia (1944-1977) e da condessa Donata de Castel-Rudenhausen, tendo sucedido ao avô, também príncipe Luis Ferdinando (1907-1994), como Herdeiro do Trono Imperial da Alemanha. É tataraneto do imperador Guilherme II, deposto em 1918 com a proclamação da República na Alemanha.

A notícia alegra naturalmente os monarquistas alemães, mas também todos os admiradores das Famílias Reais européias e de suas tradições de casamentos Reais ou Principescos. É cada vez mais raro, tanto nas Famílias Reinantes, como nas não Reinantes, as alianças matrimoniais com outras Famílias Reais ou Principescas ou mesmo com Famílias da Nobreza.

A Princesa Sofia de Isenburg tem 32 anos. Possui cinco irmãos, sendo a Princesa Catarina casada com o Arquiduque Martinho da Áustria-Este e a princesa Isabela casada com o Príncipe Carlos de Wied. É de se observar que sua família é católica, sendo inimaginável há algum tempo atrás que um Hohenzollern, luterano, casasse com uma Princesa Católica. É de se imaginar que a princesa Sofia tenha dispensa para poder casar seguindo os ritos da Igreja Luterana. É de se notar também que a mãe do Príncipe Jorge Frederico da Prússia, a Princesa Donata, viúva, casou em segundas núpcias com o Duque Frederico Augusto de Oldenburgo, pai (pelo seu primeiro casamento com a Princesa Maria Cecília da Prússia) do Duque Paul de Oldenburg, que converteu-se ao catolicismo, sendo um dos dirigentes da TFP alemã, muito amigo dos Príncipes Dom Luiz, Chefe da Casa Imperial do Brasil e de Dom Bertrand de Orléans e Bragança, Príncipe Imperial do Brasil.

Os Isenburg eram protestantes, tendo se convertido ao catolicismo em 1861 o tataravô da Princesa Sofia, o Príncipe Carlos, que casou quatro anos depois com a Arquiduquesa Maria Luisa da Áustria, filha do Grão-Duque Leopoldo II de Toscana e da Grã-Duquesa Maria Antonia, nascida Princesa de Bourbon das Duas-Sicílias, irmã da Imperatriz do Brasil, Dona Teresa Cristina.

Ao que se informa, o casamento será realizado este ano em Potsdam. A data exata ainda não foi anunciada.

1 comentários :

royautes 29 de janeiro de 2011 17:20  

Très bien

http://royautes.centerblog.net/

ATENÇÃO


Em caso de cópia do material exposto: considerando a lei 9610/98, o plágio é crime. As obras literárias e fotográficas existentes neste espaço são de uso exclusivo do Blog Monarquia Já. Ao copiar qualquer artigo, texto, fotografia ou assemelhado, o Blog Monarquia Já deve, obrigatoriamente, ser citado.

Contador de visitas mundial


contador gratis

Contador de visitas diárias


contador gratis

  © Blogger template 'Isfahan' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP