domingo, 10 de agosto de 2014

O roubo centenário e a injustiça brasileira

Um dos processos mais antigos do Brasil, que trata do roubo do Paço Isabel pelo governo republicano, iniciado logo após o golpe republicano, sofre com uma manobra suja da “justiça” brasileira.

Paço Isabel, atual Palácio Guanabara, propriedade da Família Imperial do Brasil

Tal processo pode encontrar fim favorável à União, pois o STJ alega que os advogados, procuradores da Família Imperial, recolheram valores errados relativos às custas judiciais de um dos capítulos do processo, em 1996, o  equivalente a 200 reais à Justiça.

O que já um verdadeiro despautério – a desapropriação de um bem particular, torna-se ainda mais absurdo pela ameaça de ganho de causa em virtude de valores irrisórios que não foram supostamente recolhidos. É o desrespeito aos direitos, à propriedade privada, desde o início da república.

Sobre o assunto, Lauro Jardim, da revista “Veja”, publicou matéria: http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/tag/conde-deu/.

0 comentários :

ATENÇÃO


Em caso de cópia do material exposto: considerando a lei 9610/98, o plágio é crime. As obras literárias e fotográficas existentes neste espaço são de uso exclusivo do Blog Monarquia Já. Ao copiar qualquer artigo, texto, fotografia ou assemelhado, o Blog Monarquia Já deve, obrigatoriamente, ser citado.

Contador de visitas mundial


contador gratis

Contador de visitas diárias


contador gratis

  © Blogger template 'Isfahan' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP