terça-feira, 11 de novembro de 2014

Encontro Monárquico Sul Brasileiro discute temas ligados a História, a tradição e ao futuro do Brasil


Mais de 100 pessoas estiveram presentes ao Encontro Monárquico Sul Brasileiro, no sábado, 08 de novembro, no salão Season do Hotel Bourbon Convention, em Curitiba. Monarquistas de diversas partes do Brasil - inúmeros jovens e muitos decanos -, autoridades do Paraná e membros da sociedade local discutiram temas ligados a História, a tradição e ao futuro do Brasil. 

Às 9h45, Dr. Mozart Heitor França, distinto advogado curitibano e presidente da Frente Dom Pedro II, pormotora do evento, deu boas vindas aos participantes. Tomou a palavra, na sequência, a Professora Clotilde Germiniani, que discorreu sobre os ilustres monarquistas, membros de entidades cívicas e culturais, falecidos no último período, elucidando seus contributos ao Estado do Paraná e ao Brasil.  
O Visconde de Guarapuava, grande homem do Império - verdadeiro exemplo de político, foi relembrado pelo Excelentíssimo Procurador de Justiça (1989-1992), Dr. Luiz Chemim Guimarães. O palestrante referiu que Antônio de Sá Camargo, Barão, depois Visconde de Guarapuava (1807 - 1896) foi Chefe Superior da Guarda Nacional no Paraná, deputado e vice-presidente da mesma Província, estruturador da cidade de Palmeira e de outras vilas dos Campos Gerais, sendo também um dos maiores beneméritos de entidades assitenciais e culturais da região. Ajudou a construir, entre outras instituições, a Biblioteca Pública do Paraná e a Santa Casa de Misericórdia.  Como grande prova de civismo e amor à Pátria, o Visconde ajudou, inclusive, a financiar as tropas brasileiras durante a Guerra do Paraguai.

A partir das 11h15, o Comandante Rui Alexandre Sabatke Gutierrez, Capitão-de-Mar-e-Guerra, palestrou sobre "a inserção da Marinha no contexto brasileiro", abrilhantando o evento com esplanações acerca do trabalho realizado, desde a época da Rainha Dona Maria I e do Rei Dom João VI, grande incentivador das Forças Armadas e da defesa do território nacional, até os dias atuais. Ficou evidente o contrastes na  valorização da Marinha e de seus membros durante a Monarquia e a República.  O palestrante mostrou as importantes contribuições da Marinha, que empreende trabalhos não só em sua área de responsabilidade. Os "návios da esperança" que levam assistência médica e educacional à comunidades ribeirinhas, esquecidas pelo governo da república, foram também apresentadas na palestra. Um dos participantes do evento, no espaço destinado as considerações, mencionou que "a Marinha, com sua missão de zelar pela defesa nacional, pelas garantias dos poderes constitucionais, da lei e da ordem, é desprezada pelo governo republicano, em especial o atual (com fortes tendências comunistas) que faz dura campanha contra as Forças Armadas". 

Na parte da tarde, os trabalhos foram reiniciados pela jornalista Zélia Sell, apresentadora do programa de rádio "Nossa História", no Paraná, que falou sobre as "Mulheres do Império e seus destinos".

Às 15h45, o médico e advogado, Dr. Laércio Lopes de Araújo iniciou sua palestra sobre as "Instituições políticas do Império do Brasil", onde com excelentes argumentos esclareceu detalhes da Constituição de 1824, defendo sua atualidade e perfeita aplicação nos dias de hoje. O "Poder Moderador", grande razão da estabilidade do Império, também foi explicado. 



Finalizando o Encontro Monárquico Sul Brasileiro, o Príncipe Imperial do Brasil, S.A.I.R., Dom Bertrand de Orleans e Bragança fez brilhante conferência sobre o Brasil atual e o Brasil que queremos. Reforçando a superioridade da Monarquia e as fragilidades da república. "Engana-se quem pensa que na república elege-se quem se quer - ao contrário - escolhe-se entre três ou quatro candidatos já aprovados por partidos políticos", destacou o Príncipe. Ao término de sua palestra, Dom Bertrand foi ovacionado por toda platéia, que de pé, manifestava o orgulho e a satisfação em ver a disposição do Príncipe e da Casa Imperial em defender os interesses do Brasil e dos brasileiros. 

  

0 comentários :

ATENÇÃO


Em caso de cópia do material exposto: considerando a lei 9610/98, o plágio é crime. As obras literárias e fotográficas existentes neste espaço são de uso exclusivo do Blog Monarquia Já. Ao copiar qualquer artigo, texto, fotografia ou assemelhado, o Blog Monarquia Já deve, obrigatoriamente, ser citado.

Contador de visitas mundial


contador gratis

Contador de visitas diárias


contador gratis

  © Blogger template 'Isfahan' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP